Caso Barcara em Santos

0
91

Após 6 meses da morte do Lucas, agredido covardemente pelos seguranças do Baccará, Thiago Ozarias e Sammy Barreto, com a anuência do dono do bar Vitor Alves Karam e o chefe da segurança Anderson Luiz Pereira Brito, todos acusados por homicídio triplamente qualificado, ainda predomina o sentimento de INJUSTIÇA.

Desses quatro acusados, apenas os dois seguranças foram presos, e a população pede por JUSTIÇA, pois o proprietário da casa Vitor Alves Karam e o chefe da segurança Anderson Luiz Pereira Brito ainda continuam foragidos debochando da lei e da sociedade.

Pedimos JUSTIÇA para que todos os acusados vão para a cadeia, pois se um deles interferisse nas agressões, essa fatalidade teria sido evitada.

DENUNCIE: DISQUE 181

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui