Executivo de Guarujá propõe e Câmara aprova doação de terreno para construção do 21º BPM/I

TESTE

0
65

Segurança

Matéria deverá ser sancionada nos próximos dias pelo prefeito Válter Suman. Área, com cerca de 650 m², fica na Avenida Atlântica, na Enseada.

A Prefeitura de Guarujá propôs e a Câmara Municipal aprovou, na última terça-feira (6), a doação de área com cerca de 3.630 metros quadrados, na Avenida Atlântica, na Enseada, para o Governo do Estado de São Paulo. Com isso, a Cidade deverá ganhar, em breve, uma nova sede para o 21º Batalhão da Polícia Militar do Interior (BPM/I).

O projeto de lei nº 134/2019 foi formulado e encaminhado ao Legislativo Municipal após reunião realizada na última em 25 de julho entre o prefeito Válter Suman e o secretário de Estado da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, que recebeu bem a ideia.

A construção de uma nova sede para o 21º BPM/I, com instalações mais amplas e mais funcionais que as atuais, no bairro do Tombo, é um antigo propósito da Administração Municipal. A expectativa é que os procedimentos burocráticos da doação do terreno sejam sacramentados o mais breve possível e o Governo Estadual assuma os custos com as obras da nova sede, incluindo-os já no orçamento de 2020. O prédio deverá ter 1.800 metros quadrados de área construída.

De acordo com o secretário-adjunto de Defesa e Convivência Social de Guarujá, Carlos Eduardo Smicelato, o fato de o Município estar apresentando bons resultados nas estatísticas de controle da criminalidade – conseguiu reduzir todos os índices, no primeiro quadrimestre de 2019 – colabora bastante. “A cidade é um importante destino turístico e tem apresentado resultados de destaque na segurança pública, e isso foi enfatizado pelo secretário estadual”, salientou.

Segundo Smicelato, não está descartada a hipótese de o Município vir a colaborar com o financiamento da obra da nova sede do 21º BPM/I, que pode até mesmo receber ajuda da iniciativa privada. “Será um prédio moderno e capaz de abrigar ao menos uma parte do efetivo de policiais que vem todos os anos para a Operação Verão, e que geralmente fica alojado em escolas e ginásios, por falta de instalações adequadas”, lembrou.

Além de Suman, Campos e Smicelato, participaram da reunião na Secretaria de Estado da Segurança Pública, também, os secretários municipais de Defesa e Convivência Social, Luiz Cláudio Venâncio, e o de Coordenação Governamental, Gilberto Venâncio.

FOTOS

https://www.flickr.com/photos/imprensaguaruja/albums/72157709969014692

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui