Pedro Gouvêa é eleito presidente do Condesb

0
148

O prefeito de São Vicente, Pedro Gouvêa, terá um novo desafio: comandar o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb) pelos próximos doze meses. Ele assumiu a presidência do órgão no lugar do prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão. Seu vice será o prefeito de Guarujá, Válter Suman.

A eleição ocorreu em reunião extraordinária no auditório da Agência Metropolitana (Agem), em Santos. A pauta que estava prevista foi derrubada para dar prioridade à eleição. Duas chapas concorreram: a 1, com o prefeito de Peruíbe, Luiz Maurício para presidente e Ademário Oliveira, de Cubatão, como vice; e a 2, com os prefeitos de São Vicente e de Guarujá.

A votação foi aberta e começou com os chefes do Executivo das nove cidades. Bertioga, Cubatão, Itanhaém, Praia Grande e Peruíbe optaram pela chapa 1. Guarujá, Mongaguá, Santos e São Vicente pela 2.  Entre os conselheiros, Gouvêa obteve 17 dos 18 votos.

No discurso de posse, o prefeito vicentino agradeceu Alberto Mourão e prometeu trabalhar de forma metropolitana. “Contamos muito com a experiência e participação de todos. Que a gente possa desenvolver a Região, trazendo desenvolvimento. Agradeço também ao Mourão na condução deste último ano, vamos dar continuidade nesse trabalho”.

Mourão também desejou sorte ao novo comandante. “Que a gente possa continuar a discutir as questões metropolitanas e buscando soluções em conjunto para todos. Boa sorte para vocês”.

Expectativa – O deputado estadual Caio França acompanhou a votação e se colocou à disposição do Condesb. “Tarefa árdua para o novo comandante, mas ele esta preparado para discutir todas essas questões. São ações que vão visar o interesse comum e coletivo”.

A expectativa de Gouvêa é agregar e reunir os prefeitos em uma ampla discussão regional. “Quero ser um parceiro dos municípios, fortalecendo esse diálogo junto ao Estado. Nossa principal bandeira é a união e o fortalecimento da Região. Tínhamos um discurso. Agora, vamos colocar em prática”.

O vice-presidente do Condesb, Valter Suman, também espera ajudar no que for preciso. “Serei o braço direito do presidente. Precisamos pensar cada vez mais de forma integrada. São nove cidades com responsabilidades, problemas e desafios comuns. Vamos buscar soluções juntos”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui